Share Button

blogpulmao 

Altamente letal, o câncer de pulmão é o mais comum de todos os tumores malignos, apresentando aumento de 2% por ano na sua incidência mundial. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimam que, em 2016, mais de 28 mil novos casos de câncer de pulmão foram diagnosticados, sendo cerca de 17 mil apenas em homens. A sobrevida média cumulativa total em cinco anos varia entre 13 a 21% em países desenvolvidos e entre 7 a 10% nos países em desenvolvimento. Confira 05 curiosidades sobre a doença:

1# A exposição a produtos químicos pode ocasionar o câncer de pulmão

Em sua maioria, os casos da doença que estão relacionados ao tabaco representam cerca de 80%, enquanto 10%, aproximadamente, se relacionam a fatores de risco como a exposição ao arsênico, asbesto, berílio, radônio, nível, cromo e outros produtos químicos. O histórico familiar de câncer de pulmão também deve ser considerado.

2# O fumante passivo também pode ter câncer

Em 25% dos casos, o fumante passivo poderá desenvolver a patologia, além de doenças como bronquite ou enfisema pulmonar.

3# Charutos e cachimbos são igualmente prejudiciais à saúde quanto os cigarros comuns

Todos são compostos de folhas de tabaco secas e outras substâncias que afetam o organismo. A diferença é que a ocorrência de câncer por conta do cigarro é maior, visto que existem menos fumantes de cachimbos e charutos

4# O câncer de pulmão não é uma doença assintomática

Tosse, falta de ar e sangramento pelas vias respiratórias são alguns sintomas do câncer de pulmão. Nos fumantes, crises de tosse podem ocorrer em horários incomuns para o paciente. A pneumonia também pode ser uma manifestação inicial da doença.

5# Existe mais de um tipo de câncer de pulmão

A doença pode ser classificada em dois tipos principais: pequenas células e não-pequenas células, que chega a representar 85% dos casos. Os tumores de não-pequenas células correspondem a um grupo heterogêneo composto de quatro tipos histológicos distintos.