Categorias
Atividades Físicas

Não teve vez pro câncer nos gramados!

O diagnóstico de câncer pode ser semelhante ao início de um difícil e disputado campeonato de futebol.  E assim como várias histórias de jogos incríveis, também existem relatos de verdadeiros vencedores na batalha pela vida.

É o caso do jogador inglês Joe Thompson, que recebeu o diagnóstico de Linfoma de Hodgkin duas vezes, uma em 2013 e outra em 2017, e em ambas as vezes venceu a doença.

No segundo diagnóstico, junho de 2017, Joe afirmou que lutaria “com a mesma fé, a mesma coragem e o mesmo desejo da batalha anterior”. Vitorioso, Joe voltou aos gramados ainda em dezembro e salvou seu time do rebaixamento, marcando um gol aos 24 minutos do segundo tempo.

Outra história de sucesso na luta contra o Linfoma de Hodgkin foi a do brasileiro Wagner Fogolari, zagueiro do São José – RS. Após 12 sessões de quimioterapia e 6 meses afastado dos gramados, o jogador retorna triunfante para o gauchão.

Em 2015, Jonas Gutiérrez foi ovacionado pela torcida do New Castle após passar 17 meses afastado para tratar um tumor no testículo. Por causa da quimioterapia, o jogador perdeu uma de suas marcantes características: os cabelos longos. Mas isso não foi nada perto da vitória que o jogador teve em relação ao câncer, e assim como Joe Thompson, também salvou seu time de um rebaixamento em um jogo contra o Manchester United.

As histórias desses heróis demonstram que as batalhas podem ser vencidas tanto dentro quanto fora de campo e que o maior prêmio a se ganhar é a vida.

Categorias
Amor

O AMOR é a maior arma contra todas as batalhas

Receber um diagnóstico de câncer nunca é fácil. É comum que a pessoa diagnosticada pense na sua vida e em como a doença irá afetar não apenas física quanto emocional e socialmente. Muitas vezes, o paciente quer se isolar e acredita que se tornou um peso para cônjuges e familiares.

Mas existem muitas histórias lindas de pessoas que enfrentaram o câncer de frente e que, graças ao amor de seus parceiros, puderam atravessar e vencer todos os momentos difíceis. Como é o caso da jornalista Cinthia Magalhães e de Willian Andery.

O casal já tinha 5 anos de namoro quando descobriram que William era portador de Leucemia. O câncer foi descoberto em estágio inicial, mas, segundo o casal, os seis primeiros meses foram difíceis e desafiadores. Apesar das dificuldades, o casal permaneceu unido: “Tentávamos encarar as coisas com naturalidade e otimismo” conta a jornalista. Nesse período, o casal criou um blog para relatar o cotidiano deles e como faziam para enfrentar os momentos difíceis.

Um dos momentos mais marcantes do tratamento foi quando o cabelo de William começou a cair. Em solidariedade ao namorado, Cíntia também raspou a cabeça. Essa atitude foi muito importante para William, que se sentiu fortalecido.

Após a cura de William, o casal decidiu passar um ano viajando para a Europa e aproveitar a vida intensamente.

Foto: reprodução Facebook

Nara Almeida, a influenciadora de 24 anos que comoveu o Brasil com suas postagens diárias sobre a luta pela vida, também teve um príncipe encantado ao seu lado durante toda a batalha dela contra um câncer de estômago.

Nara, que faleceu no dia 21 de maio, teve ao seu lado o engenheiro Pedro Rocha, durante todo o seu tratamento. Pedro e Nara ficaram conhecidos como um dos casais mais bonitos da internet. Muitos acreditam que o amor de Pedro ajudou Nara a passar por inúmeras dificuldades que teve durante o tratamento.

Foto: Reprodução/Instagram

Outro casal que está, nas palavras deles, enfrentando um “gigante” é a cantora Danielle Cristina e o pastor da Assembleia de Deus, Cristian Oliveira.

Nas redes sociais, o casal comenta o quanto a fé e o amor que sentem um pelo outro estão sendo as maiores armas utilizadas para vencer a doença.

Entre cirurgias, sessões de quimioterapia e radioterapia, o casal compartilha mensagens de afeto e perseverança com seus seguidores.

Foto: Reprodução/ Instagram

Essas histórias de amor mostram que, apesar dos incômodos que um câncer pode causar, a união e o companheirismo entre casais é fundamental para que o tratamento tenha mais chance de sucesso. Por isso, compartilhe amor e aumente a sua qualidade de vida!