Categorias
Alimentação

Limão cura câncer?

As pesquisas mais recentes na área da saúde apontam cada vez mais que uma alimentação equilibrada é uma das melhores prevenções de diversas doenças, incluindo o câncer.

O limão é uma fruta bastante popular e conhecida por ser ingrediente de muitas receitas caseiras para tratamentos diversos, desde emagrecimento às gripes.

Segundo a nutricionista do Hospital HSM, referência no tratamento do câncer no Pará, Jéssica Maeve, o limão contém substâncias antioxidantes que podem diminuir o risco de diversos tipos de cânceres.

Entretanto, não existem fatos científicos que comprovem a eficácia do limão para a cura de algum tipo de câncer, como explica Jéssica:

De fato, o limão é um alimento que possui compostos com atividade antioxidante e anticarcinogênica, logo, seu consumo é indicado com objetivo de auxiliar nas defesas do organismo e atuar na prevenção e tratamento do câncer em determinados casos. Porém, não há estudos que demonstrem o papel do limão na cura do câncer, não só do limão, mas de qualquer outro alimento, tendo em vista que as terapêuticas consensualmente aceitas para a reversão da doença são as de caráter médico, a exemplo da cirurgia, quimioterapia e radioterapia”.

A nutricionista também chama a atenção para o consumo indiscriminado de chás por pacientes que buscam tratamento através de plantas medicinais. O uso empírico de quantidades aleatórias de cascas ou folhas pode, ao invés de trazer benefício à saúde, conduzir a toxicidades e comprometimento da função renal ou hepática. O uso de plantas medicinais é contraindicado caso seja feito sem orientação profissional”, ressalta.

Por isso, evite ingerir quantidades grandes de qualquer alimento sem a orientação de seu médico ou nutricionista. Os alimentos são aliados, mas devem ser ingeridos com cautela e com orientação.

Categorias
Alimentação Aplicativos

Aplicativo do INCA dá dicas alimentares

Criado para ajudar a escolher melhor os alimentos que você consome, o app Armazém da Saúde traz uma feirinha para o seu celular. Nele, você descreve suas compras e recebe informações importantes sobre elas. Além disso, o aplicativo fornece dicas sobre alimentação com cardápios regionais e sobre práticas saudáveis.

Lançado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), o aplicativo funciona como um armazém virtual que simula suas compras. A partir delas, ele fornece informações sobre suas escolhas alimentares e dá dicas para uma alimentação mais saudável. Esse resultado pode ser compartilhado nas redes sociais.

Ao abrir o app, você preenche um cadastro com informações básicas e cria seu avatar. Segundo Maria Eduarda Melo, responsável pela Área Técnica de Alimentação, Nutrição, Atividade Física e Câncer do INCA, o aplicativo tem muita utilidade no dia-a-dia e incentiva os usuários através de desafios, como num jogo.

“É uma atividade inovadora de educação alimentar do Instituto. Visa promover o reconhecimento da população de que o câncer é passível de prevenção por meio de uma alimentação saudável, prática de atividade física e manutenção do peso adequado”, garante Maria Eduarda.

Disponível gratuitamente para os sistemas Android, iOS e Windows Phone, o aplicativo traz ainda uma brincadeira com o seu avatar. De acordo com seus hábitos alimentares, ele fica mais forte ou mais fraco. Por exemplo, se o usuário relatar que consumiu um item não saudável, o avatar ficará com uma aparência mais fraca e o app recomendará alguma missão, como diminuir o consumo de ultraprocessados ou aumentar a ingestão de alimentos mais saudáveis.

Categorias
Alimentação Quimioterapia

Empresária cria cerveja para pacientes em quimioterapia

Superação e partilha. Essas são palavras que podem resumir a história por trás do produto criado por Jana Drexlerova, CEO da Mamma Beer, empresa de Praga, na República Tcheca. Após enfrentar diversas quimioterapias e vencer o câncer, ela decidiu criar algo que pudesse ajudar outros pacientes que passam pelo tratamento.

Desenvolvida para diminuir o mau gosto dos remédios utilizados nas sessões, a cerveja sem álcool contém, ainda, vitaminas e sais minerais importantes para a recuperação e imunidade dos pacientes. A ideia partiu do fato de Jana ter sofrido com muitas dores decorrentes das feridas que surgiram durante sua quimioterapia.

Na fórmula, é possível encontrar suco de maçã concentrado, potássio e vitamina B. A produção é feita em parceria com uma cervejaria local chamada Zatec. A cerveja foi produzida em edição limitada e foi distribuída em hospitais e farmácias do país.

Conheça mais detalhes desta história na Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.