Categorias
Uncategorized

Vitamina D previne o câncer?

Desde que estudos epidemiológicos observaram que existiria relação entre exposição solar e incidência de câncer, muitos seguidores nos procuraram para fazermos uma matéria sobre a importância da vitamina D na prevenção do câncer. Os estudos que foram publicados mostraram que, de fato, há menor incidência de câncer nas regiões do mundo com maior quantidade de luz solar por ano. Considerando que tomar sol é uma das formas de obter vitamina D, os estudos acenderam um alerta nas pessoas sobre a importância desta vitamina.

É aí que entra o papel de pesquisadores das universidades de Omaha, na Califórnia e no Texas, liderados pela médica Joan Lappe. Eles avaliaram o impacto de suplementação de vitamina D e cálcio durante quatro anos na incidência de câncer.

O estudo foi publicado, em março deste ano, na revista americana Jama Oncology e foi feito com 2,3 mil mulheres saudáveis com mais de 55 anos que foram divididas em dois grupos: um que recebia suplementação diária de vitamina D associada a cálcio; e outro em que eram recebidas doses de placebo, uma substância sem efeito biológico.

Entretanto, a pesquisa não incluiu pessoas do sexo masculino e não foi possível trazer afirmações sobre suplementação vitamínica para este grupo. Com as dúvidas, Dr. Lappe recomendou mais estudos, desta vez, incluindo a participação de homens.

A pesquisa concluiu que ainda faltam dados mais claros e evidências mais decisivas antes de disseminar esta prática para toda a população. Todavia, quem toma vitamina D com a estratégia de evitar doenças como a osteoporose e fraturas ósseas deve continuar a receber os medicamentos normalmente.

A vitamina D, embora tenha o nome de vitamina, na verdade é um hormônio e tem, entre outras funções, o efeito regulador sobre a proliferação celular, o que sugere em estudos pré-clínicos, um maior risco do desenvolvimento de câncer em quem tem deficiência de vitamina D.

“No entanto não há nenhuma recomendação com confirmação científica para a reposição da vitamina D como forma de prevenção ao câncer, mais estudos precisam ser realizados para o uso da vitamina com este fim.
O que já é consagrado, é que a suplementação de vitamina D com altas doses é capaz de desacelerar a progressão da doença em pacientes com câncer colorretal metastático”, explicam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *